Quem foi Carl Gustav Jung?

Carl Gustav Jung foi um psiquiatra suíço com grande interesse pelo estudo do inconsciente.  A grande contribuição de Jung para a Psicologia foi o Inconsciente Coletivo. Jung era discípulo de Freud, mas logo se distanciou deste à medida que aprofundou seus estudos. Jung discordava do conceito freudiano de que toda energia era de caráter sexual. O interesse de Jung pelo mundo dos sonhos e dos símbolos e do próprio inconsciente o levaram a descoberta do Inconsciente Coletivo, que são padrões simbólicos presentes em diversas culturas e diferentes períodos da humanidade. Estes conteúdos se manifestam em mitos, religiões, arte e qualquer expressão da psique humana. Para Jung, o símbolo é uma forma de linguagem, através da qual o inconsciente dialoga conosco . Por isso é tão importante a interpretação dos símbolos que emanam dos sonhos neste tipo de análise. A importância vital está no fato de que esta fala do inconsciente tem um propósito, pois temos um centro ordenador no nosso psiquismo que é guiado pelo Self. Por isso, cada indivíduo tem o seu desenvolvimento próprio e nós, psicoterapeutas devemos prestar muita atenção nisso. Ser ético significa olhar o desenvolvimento próprio de cada paciente com todas as suas particularidades e nuances. Ao integrarmos os conteúdos do inconsciente, tomamos consciência de nossos complexos e de outros aspectos que não favoreçam nosso desenvolvimento pleno. Para Jung, esses complexos são como nós que represam energia de nossa psique. A medida que vamos integrando esses aspectos, liberamos esta energia e ela começa a fluir novamente. A medida que a análise evolui, vamos liberando energia psíquica que começa a ser canalizada para outros objetivos maiores. É como arrumar a casa. As coisas vão indo para os devidos lugares e nos sentimos muito mais plenos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *